Atualidades

Governo calcula que serão necessários mais 1.400 leitos pra atender pacientes que desenvolvam sintomas graves da doença. E Saúde vai adotar protocolo único de atendimento em toda a rede estadual.

https://globoplay.globo.com/v/8410559/

Por Paula Paiva Paulo, G1 SP 17/03/2020 

Com mais de 24 mil moradores em situação de rua, segundo o último censo, a cidade de São Paulo passou a adotar um protocolo de atuação em casos suspeitos do novo coronavírus. Do total, 13%, ou 3.164 moradores, tem mais de 60 anos - o grupo de risco para a doença.

Relatórios da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde colocam os mais velhos entre os mais suscetíveis e entre aqueles afetados pelos maiores índices de letalidade quando atingidos pelo novo coronavírus. O estado de São Paulo confirmou a primeira morte pela doença nesta terça-feira (17). Há ainda outros 162 casos confirmados.

Aos profissionais que atuam nos Consultórios de Rua e no Programa Redenção na Rua - voltado aos usuários da Cracolândia - foram repassadas orientações em caso de identificação de casos suspeitos.

Em casos suspeitos, o profissional de saúde deve:

  • Fazer uso do EPI indicado: máscara cirúrgica e luvas em caso de contato direto com a pe...

UM ANJO DA GUARDA NO WHATSAPP. PORQUE A SOLIDARIEDADE TAMBÉM É CONTAGIOSA. 

Isolar-se do convívio social presencial pode ser uma ótima medida preventiva contra o Coronavírus, especialmente para a população acima de 70 anos, que apresenta a maior taxa de mortalidade pelo vírus. O ponto negativo é que o isolamento pode trazer o sentimento de solidão, de abandono e de desamparo. Mas isso não significa que os idosos tenham que passar por isso sozinhos.

A ideia é simples: ter uma pessoa no WhatsApp que vai funcionar como um anjo da guarda , um verdadeiro ponto de apoio para idosos que moram sozinhos. A ideia pode ser aplicada em qualquer lugar do mundo. Mas é importante fazer como o vírus e começar com as pessoas com quem você tem contato. Por isso, esqueça seu país, esqueça sua cidade. Pense pequeno: comece pelos seus contatos do WhatsApp. 

ENCONTROU O CONTATO DE WHATSAPP DE UM IDOSO QUE MORA SOZINHO? 

ENTÃO SEJA O ANJO DA GUARDA DELE:

👉 Mande mensagens para ele de manhã, de tarde e de no...


Emilio Sant'Anna - Folha de SP - 12.mar.2020

SÃO PAULO

Na cidade de São Paulo, 7.002 pessoas com 50 anos ou mais vivem em situação de rua, de acordo com dados da prefeitura. Pouco menos da metade desse contingente tem 60 anos ou mais. Além de estarem mais expostos a uma série de doenças, as pessoas nessas faixas etárias têm maior risco de morte causado pelo novo coronavírus.

Parte dessa população dorme em albergues — idosos entre eles. Uma das indicação do governo do estado, no entanto, é que pessoas de 50 anos ou mais, que são parte do grupo de risco para a doença, evitem aglomerações de todo tipo.

Questionada, a Secretaria Municipal de Assistência Social não informou quais medidas a prefeitura irá tomar para a proteção da população de rua nessa faixa etária —dentro e fora dos albergues.

A situação deve piorar com a chegada do inverno, quando a exposição dessa população ao frio leva a registros de mortes recorrentes.

Segundo a gestão municipal, a população de rua na cidade chegou a 24.344...

Please reload