Brasil

Diana Carvalho - De ECOA, em São Paulo

27/03/2020 

Em um dos pontos mais famosos de São Paulo, a rotina não só das ruas costumava ser agitada. Desde 2014, o número 613 da avenida São João, um imóvel erguido há mais de um século, é casa de dezenas de artistas com mais de 60 anos que ocupam seus 50 apartamentos. De um dia a dia de convívio intenso, saídas para peças, shows e confraternizações no espaço, o local passou a uma rotina de reclusão nas últimas semanas

odos os que vivem ali estão no chamado grupo de risco do coronavírus — que inclui ainda pessoas com doenças crônicas, embora não atinja apenas essas populações, como se tem visto. Os cuidados no isolamento vêm junto a outra medida, fundamental para a saúde mental: tentar não se desesperar neste momento. "Aqui no Palacete está cada um no seu apartamento, contato só por rede social e telefone. Eu, por exemplo, cancelei todos os ensaios. Não é férias, mas uma obrigação que tenho agora: de ficar em casa e me preservar", diz o ator e dir...

"24/10/2019 - por Agência Estadual"

Residenciais com toda a infraestrutura para atender exclusivamente pessoas idosas serão erguidos em 14 cidades do Paraná.

"Os condomínios para a terceira idade terão 40 unidades cada e serão construídos dentro do Programa Viver Mais Paraná

"É o maior programa social para idosos do país, que resgata a dignidade dessa parcela da população", 

"Os primeiros empreendimentos coordenados pela Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) serão realizados em Cascavel,"Cornélio Procópio, Fazenda Rio Grande, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Irati, Jaguariaíva, Londrina, Maringá, Palmas, Piraquara,Ponta Grossa, Prudentópolis e Telêmaco Borba. Maior programa de habitação do País para a terceira idade, a iniciativa "o Paraná beneficia pessoas com mais de 60 anos que não tenham casa própria, sendo a cessão do imóvel feito por meio "de aluguel social. Cada condomínio contará com infraestrutura de saúde, assistência social e lazer para os futuros moradores "Estrutura Cada empree...

Olga Quiroga, coordenadora-geral do Garmic

São Paulo – A Vila dos Idosos, localizada no bairro do Pari, região central de São Paulo, que hoje (19) completa nove anos, é tida como exemplo de política pública bem-sucedida no oferecimento de moradia digna para os mais velhos. Mantido pela prefeitura de São Paulo, o complexo com 145 unidades habitacionais foi elaborado e desenvolvido em parceria com o Grupo de Articulação para Moradia do Idoso da Capital (Garmic), que agora segue em busca de multiplicar o modelo nas demais regiões da cidade.

A Vila integra o Programa Locação Social, que oferece subsídios para populações vulneráveis e de baixa renda no acesso à moradia. Nesse caso, os idosos que recebem até três salários mínimos de aposentadoria pagam como aluguel o equivalente entre 10% e 15% dos rendimentos de suas aposentadorias, além de uma taxa condominial no valor de R$ 35.São 90 quitinetes para solteiros e 55 para casais, totalizando o atendimento a 200 idosos, que contam também com as...

Casa Gerontológica da Força Aérea Brasileira é líder em atendimento a idosos

O centro geriátrico da Força Aérea Brasileira, a Casa Gerontológica de Aeronáutica Brigadeiro Eduardo Gomes (CGABEG), completa 29 anos de funcionamento como uma referência nacional e internacional no atendimento à terceira idade

.

Localizado em uma colina na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, o centro de atendimento da aeronáutica é pioneiro nas Forças Armadas do Brasil. Atende cerca de 180 idosos, todos militares ou dependentes, dos quais 130 são residentes e 50 participam do Centro de Convivência da CGABEG, que podem frequentar a partir dos 60 anos de idade.

“Este centro é hoje minha razão de viver”, diz Walter Chaves da Rocha. “Venho de manhã, meço minha pressão, participo dos eventos daqui, da ginástica, do alongamento e inclusive do coral, que me faz muito bem.”

No coral da instituição, a voz profunda de Rocha é um contraponto, enquanto nas festas sua alegria se destaca.

A CGABEG oferece cuidados gerontológ...

Claudia Varella

Colaboração para o UOL, em São Paulo  / 06/08/2018

Vintage Senior Residence, o  público-alvo do empreendimento são o idoso, a família do idoso e investidores. "O idoso terá um local de convivência melhor, um lugar para receber sua família e, ao mesmo tempo, terá tudo do que precisa ao seu redor... 

O apartamento terá dois botões de emergência já inclusos no pacote básico (um no quarto e outro no banheiro) para possíveis chamados em caso de urgência. Os botões serão conectados à central telefônica da Hospitalar ATS.

O empreendimento firmou parceria com a empresa Hospitalar ATS (Atenção Total à Saúde), para atendimento aos moradores. Dentro do condomínio, haverá um posto de apoio à saúde e, em caso de emergência, a equipe da Hospitalar poderá chamar a ambulância.

Um prédio voltado para idosos, com atividades de lazer, posto de saúde (para acompanhamentos simples, como verificar a pressão e medir a glicose) e botão de emergência no apartamento. Esses serviços vão...

Please reload

Plenitude Ativa/Inês Rioto

Morar 60 mais - PNG.png

São Paulo/Brasil

Todos os direitos reservados

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • LinkedIn Social Icon