Livro em elaboração - registro -

®Morar 60 mais

Alternativas de moradias e a revolução da longevidade.

                                  Dona Marlene desce, com uma bengala, os degraus da área comum de seu condomínio,

                                  na Vila Mariana. / FOTO: WERTHER SANTANA/ESTADÃO

Estadão 19 de agosto de 2018 - Por Jéssica Díez Corrêa/Especial para O Estado

RELEMBRANDO

O artigo 58 da Lei Brasileira de Inclusão (LBI), aprovada em 2015, foi regulamentado no último dia 26 e deve trazer avanços para a moradia inclusiva no País. A LBI determina a eliminação de barreiras, entraves e obstáculos arquitetônicos em edifícios públicos e privados. E o decreto obriga a acessibilidade em novos conjuntos residenciais.

Ficou estabelecido que 100% das unidades já devem ser projetadas prevendo a possibilidade de adaptação posterior. Isso significa que elas devem possuir características construtivas que permitam, a...

Ian Spero- Founder Agile Ageing Alliance - linkedin- Publicado em 19 de novembro de 2019

SHAPES = Smart and Healthy Ageing through People Engaging in supportive Systems. 

Financiado pela Comissão Europeia sob o Horizonte 2020 *, a AAA é um dos 36 parceiros em 14 países europeus que compartilham uma bolsa de pesquisa de € 21 milhões por 4 anos. Liderado pelo Instituto ALL (Assisting Living & Learning) da Universidade de Maynooth, o projeto "SHAPES" visa explorar as interações entre pessoas, tecnologia e o ambiente construído.

De acordo com Mac MacLachlan, professor de psicologia e inclusão social da ALL, que é co-líder do projeto: “A ênfase da pesquisa SHAPES está no fornecimento de experiências de vida e comunidade de qualidade que levarão a manter as pessoas em suas casas. A partir de agora, temos muitas tecnologias diferentes disponíveis para indivíduos mais velhos e pessoas com deficiência. Alguém pode ter um aparelho auditivo, uma cadeira de rodas, sensores do...

Geeta Anand - Anand, ex-repórter do The New York Times,

 professora da Escola de Jornalismo da Universidade da Califórnia, em Berkeley. - 2 9 de Agosto de 2019

A indústria de vida assistida está crescendo, explorando a fantasia de que todos podemos ser auto-suficientes até morrer.

A vida assistida parece ser a solução para as preocupações de todos com a velhice . Ele é construído sobre o sonho de que podemos envelhecer enquanto somos autossuficientes e viver assim até morrermos. Tudo o que você precisa é de um pouquinho de ajuda. Que você nunca iria querer ser alojado em uma casa de repouso com cuidadores 24 horas por dia. Este é um conceito poderoso em um país construído sobre independência e autoconfiança.

O problema é que, para a maioria de nós, é uma mentira. E todos somos cúmplices em mantê-lo vivo.

A indústria de vida assistida, por exemplo, tem interesse financeiro em sustentar uma crença nesse nirvana da terceira idade. Originalmente projetado par...


 

www.melhortaxa.com.br

www.imovelweb.com.br

Terceira idade ganha espaço no setor imobiliário

Diante do aumento de expectativa de vida do brasileiro, o setor imobiliário precisa de adequar a algumas normas sobre como lidar com esse público.

No fim do ano passado, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou que a expectativa de vida do brasileiro passou de 75,5 anos, em 2015, para 75,8 anos, em 2016. Por esse motivo, o governo federal tem implantado diversos programas com o objetivo de oferecer melhor assistência às pessoas mais velhas.

Uma das principais consequências do aumento da expectativa de vida é o interesse despertado por essas pessoas a respeito do setor imobiliário. Prova disso é que o número de brasileiros acima de 60 anos dispostos a financiar um imóvel não para de crescer em todo o país.

Conheça mais informações sobre como funciona o financiamento imobiliário para idosos e quais suas regras. Além disso, saiba escolher uma propriedade de...

Please reload