• Inês Rioto

A composição arquitetônica da Folie Richter, adequados vários usuários, jovens e idosos.


A composição arquitetônica da Folie Richter faz parte de um processo de inovação em habitação e qualidade de vida, o projeto Vila Vertical revela a individualidade de cada unidade e induz uma maior liberdade na abordagem da moradia. Oferece ambientes de qualidade e atraentes, únicos e adequados para todos os tipos de usuários, jovens e idosos, solteiros e famílias.

Desde o século 18, as loucuras de Montpellier marcaram a história da arquitetura da cidade. O Follies ajudou a agregar novas formas de viver, novos recursos, novos programas na cidade, dando-lhe um valor significativo e ampliando seu apelo para os residentes e visitantes. As loucuras do século 21 são uma oportunidade para afirmar a região metropolitana de Montpellier, ao mesmo tempo em que reafirma seu compromisso com a criatividade, a inovação e a ousadia arquitetônica, formando novos marcos urbanos e, ao mesmo tempo, agregando valor à cidade. São objetos que, portanto, são usados ​​como reflexos da atitude inovadora da cidade.


Que história deve contar e como? Como essa forma poderia reagir com o local, com sua vizinhança e seu território? Podemos refletir, de alguma forma, o estado atual da Montpellier urbana?

https://www.mvrdv.nl/projects/folierichter/


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • LinkedIn Social Icon

Plenitude Ativa/Inês Rioto

Todos os direitos reservados

© Direito do Plenitude Ativa
Morar 60 mais - PNG.png

São Paulo/Brasil