• Inês Rioto

Casas de repouso e lares para idosos no Japão .


Lares para idosos no Japão colocam os pacientes para exercitar corpo e mente ( https://www.youtube.com/watch?v=CMCxQe-JqH8 )

Tóquio – Quem está perto da aposentadoria ou possui um familiar idoso, provavelmente já se preocupou com a assistência que o Japão pode oferecer e, se for necessário, com os tipos de casas de repouso e o custo para que um familiar seja atendido por elas.

No Japão, há casas de repouso que garantem todos os cuidados necessários, moradias destinadas aos idosos que não precisam de muita assistência e serviços de um dia, em que o usuário recebe cuidados básicos na instituição, faz atividades recreativas e retorna para a casa no fim do dia.

As casas de repouso ou moradias destinadas aos idosos no Japão são divididas em diferentes categorias, de acordo com o nível de cuidados necessários. Para entender sobre como funcionam os valores e serviços prestados, é preciso conhecer as opções e para que tipo de público são destinadas.

Confirma alguns modelos de casas de repouso, saiba mais sobre os custos e veja também informações sobre os centros recreativos, destinados ao entretenimento na terceira idade e a prevenção de problemas de saúde como depressão e solidão.

- Casa de idosos com auxílio de cuidados (Kaigotsuki Yuryo Roujin Home):

As instituições com auxílios de cuidados são os lares de idosos mais comuns, com prestação de serviço completa, como limpeza, lavanderia, comida e banho. Essas instituições possuem funcionários disponíveis 24 horas e são geralmente administradas por uma empresa privada, através da autorização do governo local.

O preço cobrado por essas instituições varia de acordo com os serviços prestados e as instalações. O valor mensal pode variar de 150 mil a 500 mil ienes. A maior vantagem deste sistema é a garantia de que o idoso receberá assistência 24 horas, através do pagamento de um valor fixo. Não é recomendado aos idosos que não necessitam de assistência constante.

- Casa de idosos com cuidados especiais (Tokubetsu Yougo Roujin Home)

As casas de repouso “especiais” visam atender os idosos que se encontram com dificuldades de manter a vida cotidiana em suas residências. São instituições públicas, baseadas no seguro de cuidados com idosos (Kaigo Hoken) e, portanto, mais baratas. Essas instituições costumavam ter longas filas de espera até 2015, ano em que o governo deixou as condições para entrar mais rigorosas.

De acordo com o portal Kaigo Holmes, a fila de espera varia muito de acordo com a localidade. Há regiões em que os idosos esperam 2 meses para entrar depois da inscrição e em outros locais, a espera pode ser de anos.

Para ser admitido, o idoso precisa ter mais de 65 anos e ser portador de doença mental (demência), ou ter alguma limitação cognitiva, ou sofrer violência dentro de casa. Idosos sem familiares ou com familiares que também possuem idade avançada e, portanto, não podem cuidar, também entram na lista. O custo mental pode variar entre 60 mil e 150 mil ienes.

- Casas para idosos com prestação de serviços (Sabisutsuki Koureisha Muke Jutaku)

Diferente das instituições voltadas para os idosos, as casas com prestações de serviço são moradias independentes, preparadas para atender moradores idosos que necessitem apenas de cuidados primários. Essas residências cobram o valor do aluguel e o morador pode contar com a prestação de alguns serviços, como aconselhamento, verificação se a pessoa está bem ou não, além de outros serviços prestados em casa, que são definidos no contrato.

Essas moradias são dividas em duas categorias, a “geral” (ippan), para aqueles que necessitam de poucos cuidados e a “auxílio cuidador” (Kaigo), para os idosos que precisam de um pouco mais de assistência, garantia por funcionários que moram no mesmo prédio.

O contrato “ippan” custa entre 50 e 250 mil ienes e o contrato “kaigo”, tem preços mensais que variam entre 150 e 400 mil ienes.

CENTROS RECREATIVOS

Roujin Fukushi Center

O Japão é repleto de centros destinados ao bem-estar dos idosos, que são chamados de “Roujin Fukushi Center”. Nessas instituições, os moradores do bairro acima de 65 anos podem se reunir para diversas atividades recreativas. É possível se envolver em clubes musicais, artesanato, atividades físicas ou cognitivas, que visam a interação social e manutenção da saúde.

Os tipos de atividades oferecidas variam de acordo com o centro e muitos deles promovem eventos nos quais os idosos participam da organização. A participação das atividades pode ser gratuita ou de baixo custo. O objetivo desses centros não é apenas garantir a saúde de pessoas em idade avançada, mas resolver problemas como solidão e taxas de suicídio, que muitas vezes envolvem idosos em situação de abandono ou sem familiares.

Day Service

A maioria das instituições de idosos oferecem serviços de um dia, chamados de “Day Service”. O idoso que não vive na instituição pode vir passar o dia e usufruir de serviços como alimentação, banho, checagem de saúde e atividades recreativas. É comum as famílias contratarem este tipo de serviço para dar uma oportunidade ao idoso que passa muito tempo sozinho de sair de casa e participar de atividades recreativas.

Quando o “Day Service” é contratado, a instituição se encarrega de buscar e levar o idoso em casa. A cobertura dos custos é garantida pelo seguro de cuidados com idosos (Kaigo Hoken) e o usuário poderá ter que arcar com 10% ou 20% do valor, de acordo com a renda. No entanto, para usufruir do seguro, é necessário receber uma autorização chamada de You Kaigo Nintei, que funciona através de inscrição na prefeitura, seguida de uma avaliação das condições físicas e mentais do idoso.

http://www.alternativa.co.jp/Noticia/View/79125/Conheca-os-tipos-de-casas-de-repouso-e-centros-recreativos-para-idosos-no-Japao


Plenitude Ativa/Inês Rioto

Morar 60 mais - PNG.png

São Paulo/Brasil

Todos os direitos reservados

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • LinkedIn Social Icon