Como os mais velhos são destituídos de sua história Você quer frequentar uma “creche de idosos”? E, caso seja LGBT, vai esconder sua orientação sexual se for para uma instituição?

G1- BEM ESTARLONGEVIDADE: MODO DE USAR -  Mariza  Tavares, Rio de Janeiro - 23/08/20

Um exemplo banal: alguma dúvida sobre o ridículo da expressão “creche para idosos”? A expressão horroriza geriatras e gerontólogos, mas volta e meia pipoca na mídia, como se fosse uma imagem graciosa. Não é. Se esses são espaços para quem ainda é independente, têm que começar pelo básico: homens e mulheres não podem ser destituídos de sua história. E quando residenciais para essa faixa etária montam sites que exibem quartos com modestas camas de solteiros? Idosos nunca farão sexo? E, mesmo que não façam, por acaso alguém prefere dormir encolhido, com medo de cair da cama? O próximo passo será uma grade de proteção, ou mesmo a contenção dos moradores? 

 

https://g1.globo.com/bemestar/blog/longevidade-modo-de-usar/post/2018/08/23/como-os-mais-velhos-sao-destituidos-de-sua-historia.ghtml

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload