Alexandre Kalache no III Dementia Forum organizado pela Fundação criada pela Rainha Silvia da Suécia no Palácio Real de Estocolmo.

 

Alexandre Kalache foi convidado pelos organizadores do III Dementia Forum organizado pela Fundação criada pela Rainha Silvia da Suécia no Palácio Real de Estocolmo nos dias 15 e 16 de maio.

 

Participaram do evento cem representantes de universidades de alto prestígio na Europa,(com destauqe ao Karolinska Institute), de grandes empresas multinacionais (como os CEOs de IKEA, HSBC, Rand Corporation e da indústria de tecnologia e farmaceutica), ONGs Internacionais,(com destaque a Paola Barbarino, CEO Alzheimer Disease International) da Organização Mundial da Saúde e do ODCE, primeiras damas (como Da. Cecilia Morel, do Chile), ministros de Estado e Altezas Reais - como a Rainha Sofia da Espanha, a Imperatriz do Japão e realeza da Suécia, sempre com a presença protagonista da Rainha Silvia.

 

Coube a Alexandre Kalache dar voz aos desafios do envelhecimento populacional sob o ponto de vista global, em particular no tocante ao crescimento exponencial do número de pessoas vivendo com demencias e o cuidado que isso implica para países em desenvolvimento carentes de planos nacionais para a demência.

 

O objetivo central do Forum X é o de facilitar e criar um diálogo do mais alto nível internacional sobre os desafios que a demencia impõe à sociedade de modo a encontrar soluções e estimular colaboração visando ações concretas e imediatas. Kalache chamou atenção para o fato de que se hoje a estimativa é de que haja no mundo cerca de 50 milhoes de pessoas vivendo demência, este número crescerá para 82 milhões em 2030 e 152 em 2050 - quando a proporção das mesmas em países em desenvolvimento terão aumentado dos atuais 60% para mais de 80% nestes meros 30 anos. Segundo a OMS, em 2015 o custo global da demência era de 820 bilhões de dólares. A menos que esforços para reduzir o risco e desenvolver políticas sustentáveis centradas em uma Cultura do Cuidado (como preconizado pelo ILC-BR) o custo social, humanitário e para o setor saúde causado pela demência atingirá níveis catastróficos - sobretudo para as mulheres, as principais vítimas bem como as principais cuidadoras.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Plenitude Ativa/Inês Rioto

Morar 60 mais - PNG.png

São Paulo/Brasil

Todos os direitos reservados

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • LinkedIn Social Icon