Tecnologia & Arquitetura

30 de set de 2019

My Senior Design – Smart Loft”, Flavia Ranieri, arquiteta, planejou em  um ambiente de 65 m², com soluções inteligentes,usando  tecnologia, automação e design proporcionando aos 60mais  um ambiente, moderno, e seguro.

Pensando neste cenário, Flávia Ranieiri apresenta na CASACOR São Paulo 2018 o Estúdio da Longevidade, um ambiente de 45 m², totalmente voltado para acomodar os idosos. A profissional comanda a Somos Grou, que atrela qualidade de vida e longevidade pensando na velhice das pessoas.

O estúdio assinado pela profissional é um tanto quanto enxuto, porém bem disposto e com todo o conforto necessário para os idosos. Ao visitar o ambiente, o público pode vestir uma roupa que simula as limitações do idoso e experimentar o espaço. “O local nasceu para mostrar que os mais velhos também pode ter e prolongar sua independência e autonomia, justamente com a melhor preparação do lugar onde vive”, afirma.

De acordo com estudos de profissionais da USP (Universidade de São Paulo), construir moradias que estejam preparadas para receber e dar o conforto necessário aos idosos reduz cerca de 40% dos acidentes domésticos. Dados do Ministério da Saúde mostra que 70% dos acidentes envolvendo pessoas...

Maya Santana, 50emais

Na Casa Cor de 2018 em São Paulo, realizada em meados do ano, a arquiteta Flávia Ranieri criou o que chamou de Casa da Longevidade, um espaço todo ele planejado para pessoas mais velhas morar. O que norteou a decoração da casa e até o formato dos móveis foi a segurança do(a) morador(a). Os móveis, por exemplo, não tem quinas, as extremidades são arredondas, para evitar esbarrões que firam a pessoa. De acordo com este artigo do site Instituto da Longevidade Mongeral, o espaço foi um dos mais visitados pelo público superior aos 100 mil que passou pela Casa Cor. Como a população está envelhecendo, moradia para quem já passou dos 50/60/70 anos é um tema que desperta enorme interesse.

Uma moradia planejada para a longevidade é um dos 82 ambientes mais visitados da CasaCor 2018, a maior feira de arquitetura, design de interiores e paisagismo da América Latina. Em 45 m², a arquiteta e gerontóloga Flávia Ranieri usa e abusa de tecnologia, mobiliários e materiais especiais p...

https://www.archdaily.com.br/br/904924/ao-projetar-para-idosos-nao-olhe-para-o-passado?fbclid=IwAR3D4Q9ejIvOn49yUs9nLOQxDGLaZHaS9bpyPs5vzvExKynk1PS_OZl-fSU

Revista Aptare

Quando o mundo passa por grandes mudanças (sejam elas sociais, econômicas, tecnológicas ou políticas), o mundo da arquitetura precisa se adaptar junto. Mudanças na política do governo, por exemplo, podem trazer novas oportunidades para a arquitetura prosperar, como o influxo de moradias sociais de alta qualidade que estão sendo projetadas atualmente em Londres. Os avanços tecnológicos são mais fáceis de perceber, mas as mudanças sociais têm tanto impacto sobre a indústria de arquitetura e os edifícios que projetamos.

O mesmo acontece com as alterações demográficas e estamos no meio de uma mudança monumental. Em 2015, 8,5% da população do mundo tinha 65 anos ou mais (617 milhões de pessoas). Prevê-se que este número aumente para 12% da população até 2030 e para 16,7% da população até 2050 [1]. Historicamente, essa porcent...

                                                Arquiteto deu dicas para melhorar a mobilidade nas casas (Foto: iStock/Divulgação)

O primeiro ponto destacado pelo especialista é a iluminação dos ambientes onde vivem os idosos, que podem ter problemas na visão. Em corredores, por exemplo, a luz superior - do teto- pode não ser suficiente, por isso a recomendação é instalar balizadores.

Os balizadores são luzes fixadas na parede, como pequenas luminárias, e ajudam a iluminar o caminho do corredor de um cômodo a outro. "Como alguns já enxergam menos, tem dificuldade na visão é ideal que os locais sejam muito bem iluminados", afirma Eduardo.

Em portas de correr, como as que dão acesso a sacadas e varandas, a melhor opção é de trilhos embutidos no piso, de modo a evitar quedas. Os cuidados com o solo também incluem pisos antiderrapantes, que garantem maior aderência ao caminhar.

ht...

Please reload

Plenitude Ativa/Inês Rioto

Morar 60 mais - PNG.png

São Paulo/Brasil

Todos os direitos reservados

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • LinkedIn Social Icon